+55 51 3093.7200

O que são Dados Mestres?

De uma forma bem simples, os Dados Mestres podem ter definição como conjunto de todos os dados básicos para um negócio. Imagine que a sua empresa tem muitos setores e cada um deles tem os próprios dados com os quais trabalha para ter novas estratégias. Master Data seria um centro que une dados de diferentes áreas que são praticamente o DNA do negócios, ou seja, se alguém olhar para esse conjunto de itens, consegue saber muito a respeito da empresa.

É importante falar que nem todos os dados entram nesse grupo importante. Até porque dependendo do setor, existem informações que são muito específicas de cada área e que são muito instáveis. Por isso, são considerados Dados Mestres aquelas “peças-chave”, ou seja, dados realmente importantes para o negócio em uma ponto de vista mais geral que tendem a sofrer pouca ou nenhuma alteração ao longo do tempo.

Normalmente, os Dados Mestres podem ter a divisão feita em categorias:

Dados de materiais: informações dos produtos que fazem parte do portfólio da empresa;
Dados de pessoas: aqui entram fornecedores e parceiros. Clientes podem ou não entrar, dependendo do quão instável é a relação com eles. No mercado B2B, é mais comum que os clientes façam parte dos Dados Mestres porque a relação entre eles e a empresa costuma ser mais firme;
Dados de localização: informações de localidade, por exemplo, onde está estabelecida a matriz, as filiais;
Dados da organização: reúnem informações sobre a estrutura organizacional da empresa.

É claro que nem só de Dados Mestres vive uma negócio. Por isso, além deles existem os chamados dados de transações, que são precisamente os que sofrem alterações com mais frequência, como por exemplo, os orçamentos, compras para estoque, pedidos e outros.

Gestão de Dados Mestres



Não é exagero dizer que os Dados Mestres são o centro de gravidade de uma empresa. Por isso, certamente, eles não podem apenas existir, precisam de gerencia com estratégia e sabedoria para que se tornem fonte de informação para basear a tomada de decisões. Portanto, quando falamos em gestão de Dados Mestres, falamos de todo o processo de organizar, centralizar em um único sistema, colocar categorias e gerenciar essas informações tão preciosas.

Normalmente, esses dados ficam desfeitos em diferentes setores, então, o primeiro passo da gestão é importante centralizá-los. Além disso, também é preciso colocar um padrão para que eles sejam cadastrados seguindo uma lógica que seja entendida por quem precisar fazer a consulta. E sempre que uma informação for atualizada nesse sistema, essa atualização também deve seguir o padrão.

Falamos no início desse material que a informação é o que há de mais precioso para os donos de negócios atuais, mas ela precisa estar lapidada para fazer sentido.

Benefícios da gestão de Dados Mestres



Talvez você esteja se perguntando: organizar tantos dados é uma tarefa difícil, realmente vale a pena investir nessa caminho? Quais são os benefícios reais que essa gerencia pode gerar?

Facilitar a comunicação interna



Não existe nada pior do que uma empresa em que as informações estão adversas dentro delas mesmas. Além de causar problemas de divergência, normalmente o cliente consegue perceber que os diferentes setores não estão bem alinhados e isso transmite uma imagem ruim.

A partir do momento em que se tem essa central de dados, todos os colaboradores que precisam ter acesso a informações estratégicas (como por exemplo, o diretor de marketing, gerente de compras, coordenador de operações) vão consultar a mesma fonte e se basear nos mesmos dados para a gerencia de suas ações. Uma empresa com essa certeza se torna muito mais poderosa.

Facilitar a integração entre matriz e filiais



Para empresas maiores que tem mais de uma unidade, a gerencia de Dados Mestres é algo ainda mais sério. Imagine que um novo produto seja lançado e cada unidade tenha dados diferentes e discrepantes e se baseie neles para criar a campanha de marketing: o resultado certamente será informações desencontradas, investimento em uma ação que não vai trazer o efeito esperado e, novamente, prejuízos para a imagem pública.

Portanto, nesses casos, deve existir uma única central com esses dados importantes que representantes possam acessar das filiais. Mas tais informações não podem ficar espalhadas.

Cruzamento de informações



Dados não servem para nada se não forem interpretados. Ao organizar e gerenciar os Dados Mestres, eles ficarão muito mais claros e, a partir disso, será possível estabelecer relações entre eles. Isso pode enriquecer as estratégias de prospecção de clientes, por exemplo, ou até mesmo de retenção de talentos e, novamente, as campanhas de marketing.

Em resumo, dados bem gerenciados deixam de ser um amontoado de números e ganham sentido. Só assim eles podem fazer a diferença para a tomada de decisão.

Visualização da cadeia de valor

Quando você criar essa central de Dados Mestres, poderá visualizar graficamente com facilidade toda a sua cadeia de valor. E por que isso é importante? Porque permite identificar em quais pontos dessa cadeia é possível melhorar a experiência do cliente. Em quais etapas o relacionamento pode se tornar mais personalizado, enfim, onde agregar valor. Esse é o segredo para que a empresa possa se manter em um ritmo de crescimento sem se tornar obsoleta pelo ponto de vista do público.

Diante de tudo que foi exposto, perceba como vale a pena investir na governança de cadastros também para gerenciar e organizar esse tipo de informação. Esse é praticamente o cérebro da sua empresa, ele merece ter bons cuidados em prol do seu próprio desenvolvimento!

Gostou deste artigo? Marque uma reunião com a nossa equipe para ter mais informações e se ligue no nosso blog, sempre temos novos textos.

admin_12

klassmatt

A Klassmatt é uma empresa especializada em saneamento, governança de cadastros de Dados Mestres e Big Data, com 23 anos de experiência, possui clientes em mais de 35 países e desenvolveu a plataforma mais avançada e robusta do mercado na área de governança e padronização de cadastros de materiais, serviços, clientes e fornecedores, a plataforma Klassmatt®. Oferecemos soluções para saneamento de dados referente as descrições, padronização, higienização, enriquecimento de materiais, serviços, clientes e fornecedores, atuamos com classificação fiscal de NCM, NBS, CEST, LC 116, tradução para diversos idiomas, categorização UNSPSC e adição de mídias, tudo de acordo com os mais altos níveis cerificações nacionais e internacionais.

Você pode gostar

NBS

O que é NBS?

Antes de tudo, NBS é a nomenclatura brasileira para serviços e outras atividades que geram mudanças nos bens.

4 respostas

  1. Artigo bem explicado, de fácil compreensão. Realmente consigo entender a importância de dados mestres nas empresas!
    Obrigada pelo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.