Compliance fiscal: por que ele é essencial para manter a sua empresa?

Klassmatt

Líder na América Latina em Saneamento, Governança e Big Data de Dados Mestres

topo Compliance fiscal

Navegue

O compliance fiscal surgiu como um grande aliado das empresas. Isso porque ele é essencial para garantir o cumprimento das normas fiscais de um negócio. Com isso, é possível evitar multas e processos.

Neste artigo, além de descobrir o que é compliance fiscal, você vai entender como aplicá-lo em sua companhia e os motivos do seu negócio precisar dele imediatamente. Boa leitura!

O que é compliance fiscal?

Compliance fiscal é o conjunto de práticas e procedimentos que visa garantir a conformidade de uma empresa com as obrigações fiscais e tributárias estabelecidas pelas autoridades. 

Em outras palavras, o compliance ajuda a evitar problemas com os órgãos de regulamentação: fiscais, contábeis, trabalhistas, ambientais ou outros. O não cumprimento dessas responsabilidades pode resultar em multas, juros ou, até mesmo, em processos criminais.

Entre as obrigações mais comuns em território brasileiro, temos a emissão de notas fiscais, a escrituração de livros fiscais e contábeis e o recolhimento de impostos e contribuições sociais.

Diferenças entre compliance fiscal e tributário

Uma das maiores dúvidas de quem está entrando para o mundo dos negócios é a diferença entre compliance fiscal e tributário. Esses termos, muitas vezes, podem confundir até quem já trabalha há anos no mercado.

A área fiscal é responsável por toda a papelada relacionada ao recebimento e à verificação de documentos, assim como pela escrituração. Porém, e o compliance fiscal, o que é? Ele é justamente o responsável pela adequação dos processos fiscais e contábeis de uma empresa perante a lei.

Já o setor tributário complementa a contabilidade fiscal e ambos trabalham juntos a fim de garantir o cumprimento das obrigações legais. Porém, cabe ao departamento tributário apurar e assegurar que a companhia esteja pagando em dia as taxas, os impostos e as demais contribuições solicitadas pelos órgãos públicos.

Importância do compliance fiscal

Afinal, por que compliance é importante? Em resumo, ele é fundamental não apenas para evitar problemas fiscais para a empresa, mas também para aprimorar processos. Por exemplo, gerenciar os prazos de entrega que não podem ser negligenciados.

Também é um importante aliado na hora de corrigir erros anteriores, como nota fiscal com crédito indevido, NCMs inexistentes, alíquotas erradas e arquivamento de NFe. 

Outro papel fundamental do compliance fiscal é o de poder reduzir a carga tributária do negócio. Para isso, os profissionais responsáveis utilizam-se de meios legais que busquem minimizar os custos administrativos relacionados às obrigações tributárias.

O que acontece quando as empresas não estão alinhadas ao compliance fiscal?

Quando erros fiscais acontecem, as empresas podem sofrer processos, autuações, multas e ter problemas com a má reputação gerada. Isso pode afastar investimentos, fornecedores e clientes que passam a ver a organização sob uma ótica não confiável.

Além das despesas extras geradas pela falta de compliance fiscal, podem surgir outros encargos na hora de normalizar a situação, como o custo operacional decorrente de refazer os processos.

Por isso, estar em conformidade com a legislação vai além de mera obrigação legal, podendo causar a falência de uma organização. Não é à toa que o compliance vem ganhando cada vez mais espaço no mundo dos negócios.

Atenção aos fornecedores

Não basta somente a empresa estar aliada ao compliance fiscal, também é preciso prestar atenção aos fornecedores. Afinal, antes de qualquer contratação, é imprescindível consultar o histórico daquele fornecedor a fim de verificar se ele está em dia com as obrigações técnicas e legais.

A Klassforr é uma plataforma que auxilia as empresas nesse processo. Com ela, os fornecedores passam por uma verificação dentro dos requisitos técnicos e legais por meio de questionários de Compliance, termos e políticas empresariais. Isso ajuda ambas as partes a se manterem protegidas, além de redução de custos operacionais e tempo para validação.

Como aplicar o compliance fiscal na sua empresa?

Agora que você já entende a importância do compliance fiscal, vamos mostrar como aplicá-lo. Abaixo, você encontra os principais passos que vão ajudar a sua área fiscal a andar de acordo com a legislação e a fiscalização.

Revise os processos atuais

O mapeamento das operações é o primeiro passo para iniciar os processos de compliance fiscal. Ele envolve avaliar todos os processos internos, as metodologias de trabalho, a gestão de pessoas, os sistemas e as tecnologias utilizadas, entre outros aspectos.

A partir dele, é possível identificar pontos de melhoria e ações a serem implantadas para garantir que a companhia esteja em conformidade com as normas fiscais e tributárias. Cada área vai enfrentar desafios específicos, por isso, é importante que uma pessoa fique responsável pelas mudanças no seu departamento.

Considere os principais objetivos ao adotar o compliance fiscal

Com o mapeamento dos pontos de melhoria em mãos, agora é a hora de transformá-los em metas. Então, é pertinente entender com qual objetivo e de que forma o compliance fiscal está sendo implantado na empresa.

Um exemplo de meta a ser atingida é a de garantir a segurança dos XMLs a fim de evitar multas e autuações. Para alcançá-la, a companhia deve investir em tecnologia de automação de recebimento e guarda dos documentos.

Treine a equipe

Vale lembrar que o compliance não é uma ação isolada. Ou seja, ele depende da participação de todos os responsáveis pelas políticas empresariais. Por isso, é importante educar todos os envolvidos sobre qual é o papel de suas responsabilidades diárias levando em conta o cumprimento das leis. 

Desse modo, o treinamento se torna ainda mais essencial para os gestores, por servirem de exemplo para o resto da equipe. Afinal, todo esse processo envolve uma mudança na cultura da companhia.

Suas obrigações fiscais em dia com a Klassmatt

No compliance fiscal da Klassmatt, você vai ter acesso a um time de profissionais especializados em questionários fiscais, classificação fiscal de materiais e serviços, NCM/NBS, UNSPSC, Lei. 116, CEST e redução de riscos. Ficou interessado? Então, entre em contato com a nossa equipe para marcar uma reunião e aproveite!

Conheça nossa ferramenta Klasslite, desenvolvida para evitar erros na classificação dos produtos e garantir a melhor performance no compliance fiscal da sua empresa.

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Foto Jivo

Marcieli Vaz

Online

Olá, Como posso ajudar?